Pilotos da Fórmula Náutica treinam antes da competição
 01/06/2013

F1H2O começou hoje na Concha Acústica, com estrutura para 60 mil pessoas

 

 

Começou na manhã de hoje a programação do evento internacional Fórmula 1 Náutica (F1H2O) no Lago Paranoá – sediado pela primeira vez na América Latina com o apoio do GDF –, com os últimos treinos das equipes que vão competir.

 

"É uma oportunidade de lazer gratuito para a população. Vamos nos preparar para receber esse circuito no próximo ano porque aumenta o turismo. O esporte e é uma plataforma de negócios para o DF", destacou o Chefe do Executivo regional.

 

A F1H2O – realizada pela Federação Náutica de Brasília – conta com a participação de 16 pilotos de 10 países que formam oito equipes para disputar a Fórmula 1.

 

Os barcos atingem até 250 km/h e aceleram de zero a 100 km/h em menos de dois segundos.

 

Pela manhã, a população do DF pode conferir treinos livres e cronometrados, e o governador participou de uma demonstração em um dos barcos da competição, que atingiu 200 km/h, pilotado pelo italiano Alex Carella, campeão mundial do evento em 2011 e 2012.

 

No fim da tarde haverá corrida da Fórmula 4 – categoria de acesso à Fórmula 1 –, atividade que faz parte da programação do evento.

 

Amanhã, os treinos livres começam às 8:00, os cronometrados, às 9:15 e a corrida da F1, para entrega do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1 Náutica, a partir das 9:45.

 

O representante mundial da F1 Náutica, Nicolò di San Germani, destacou que há muitos anos os realizadores do evento queriam promovê-la no Brasil.

 

"Não tínhamos conseguido reunir elementos como condições naturais e vontade política para realizar a Fórmula Náutica no Brasil, que é um país que está em desenvolvimento", relatou Germani.

 

A F1H2O ocorre na Concha Acústica este sábado e domingo, com entrada franca, e o espaço tem capacidade para até 60 mil pessoas.

 

Por Olheinfo
Fonte Secretaria de Comunicação do GDF


Leia mais, resultados da prova em 02/06/2013

O piloto finlandês Sami Selio, da equipe Mad Croc, venceu a Fórmula 1 Náutica – evento internacional sediado pela primeira vez na América Latina–, realizada hoje no Lago Paranoá.

 

A competição teve início por volta das 11:00, e Selio, que venceu ontem a prova teste da categoria principal, largou em primeiro lugar na corrida deste domingo, de 2,2km.

 

Ele era um dos favoritos para a disputa e conquistou o bicampeonato da competição.

 

O segundo a largar foi o americano Shaun Torrente, da equipe do Qatar, que conquistou o segundo lugar, seguido do italiano Alex Carella, também do grupo catarense, que alcançou a terceira posição e pilotou o barco durante demonstração com o governador na manhã de ontem.

 

COMPETIÇÃO - A F1H2O – realizada pela Federação Náutica de Brasília, com o apoio do GDF – contou com a participação de 16 pilotos de 10 países que formaram oito equipes para disputar a Fórmula 1.

 

Os barcos atingem até 250km/h e aceleram de zero a 100km/h em menos de dois segundos.

 

Para que a população acompanhasse as disputas, uma estrutura para 60 mil pessoas foi montada próximo à Concha Acústica com arquibancadas, praça de alimentação, banheiros químicos, bolsões de estacionamento e feira para equipamentos náuticos e de pesca.

 

Nos dois dias, mais de 50 mil pessoas passaram pelo local, segundo informações da organização do evento.